Publicado: 01/02/2019

Tipos de marketing: Como definir Inbound e Outbound para seu chefe

Explicar os tipos de marketing para o seu chefe pode ser mais difícil do que parece, né? Dá uma olhada nesse artigo que preparei para te ajudar!

Marcela Batista de Souza

Publicado por:Marcela Batista de Souza

Copywriter

Hashtags do Artigo

Que atire a primeira pedra o profissional de marketing que nunca deixou de implementar uma nova metodologia por não saber quais argumentos dar para seu chefe compreender a necessidade disso!

Sim, eu sei que é surpreendente mas, você não é o único que já viveu algo assim. Todos nós já passamos por isso. E dá para culpar o chefe? Até nós, que somos da área, muitas vezes sentimos dificuldade em compreender as diferenças entre alguns tipos de marketing.

Não apenas compreender, como também saber explicar as diferenças, prós e contras de variados tipos de marketing e em grande parte das vezes é um fator decisivo para conseguir aquela aprovação de metodologia que tanto queremos.

Pensando nisso, hoje eu trouxe para vocês uma maneira de explicar o que é Inbound e Outbound marketing e quais suas diferenças de um modo simples e de fácil compreensão. Vamos lá?  

Definindo os tipos de marketing

Sem dúvidas o maior desafio aqui é didática. Quando falamos em Inbound e Outbound marketing a confusão mental pode sair de controle. Acompanhe.

Inbound Marketing

O Inbound Marketing é um conjunto de ações que tem como principal objetivo atrair determinado público através da oferta de conteúdos que agreguem real valor para ele.

A metodologia do Inbound Marketing é baseada no conceito de prospecção passiva, ou seja, o cliente encontra a marca por vontade própria.

As pessoas buscam informações o tempo todo. Fazer Inbound Marketing nada mais é senão ser você o fornecedor de informações do seu segmento para essas pessoas, educando o mercado, conquistando autoridade e construindo relacionamentos baseados no diálogo aberto.

Afinal, se elas estão buscando, basta você ser encontrado.

E ai? Quer convencer o seu chefe a investir em Inbound Marketing? Dá uma olhada nesse artigo: Para o seu chefe: por que investir em Inbound Marketing?

Principais diferenças entre Inbound e Outbound Marketing

Outbound Marketing

Outbound Marketing é um conjunto de ações que trabalham a prospecção ativa de clientes por meio de campanhas estratégicas ativas de um negócio.

No Outbound Marketing o principal objetivo é levar a sua marca para os locais em que as pessoas estão, transmitindo uma mensagem clara e direta que apresente sua proposta de valor ou promocional em larga escala, gerando visibilidade e, consequentemente, atraindo novos clientes.

Principais diferenças entre os tipos de marketing

Existem diversas características que distinguem o Outbound do Inbound Marketing e essas diferenças podem ser o ponto chave na sua argumentação sobre as metodologias. Listei as principais abaixo, acompanhe:

Prospecção

Marketing é marketing independente da metodologia ou formato que está sendo empregado, seu objetivo é sempre o mesmo: gerar novos clientes.

Eu diria que a principal diferença entre os tipos de marketing que estamos trabalhando é o modo de prospecção de clientes.

O Inbound Marketing ou “marketing de atração”, como o próprio nome já diz, é fundamentado no princípio de que se os seus clientes estão buscando conteúdo, você deve ser o fornecedor desse conteúdo e isso irá atraí-los ao seu produto/serviço.

Já o Outbound Marketing, conhecido como “marketing tradicional” é baseado no princípio de que onde os seus clientes estão você deve aparecer e apresentar seu produto/serviço.

Investimento

Outra grande característica que distingue esses modelos de marketing é o investimento necessário para a obtenção de sucesso com sua estratégia.

Quando falamos de Outbound Marketing, estamos falando de uma estratégia que demanda grandes investimentos financeiros para que se alcance os resultados esperados.

No Inbound Marketing é muito comum que, combinando ele a uma boa estratégia de SEO, você consiga grande parte dos seus resultados de modo orgânico, ou seja, seus custos são relativamente mais baixos.

Competitividade

O Outbound Marketing é uma metodologia muito usada por grandes empresas que desejam reforçar a influência de sua marca e, quando falamos em um segmento competitivo, você pode acabar precisando de investimentos muito altos para (talvez) conseguir espaço para competir com essas empresas.

Já no Inbound Marketing se você fornece ao potencial cliente um conteúdo de real valor para ele, identificando suas dores, educando e apresentando soluções valiosas para ele a sua visibilidade será tão grande ou até mesmo maior quanto a de grandes empresas do seu segmento.

No Inbound, o que conta é a SUA autoridade em determinado assunto, não o quanto você pode investir para chegar ao seu cliente. Essa metodologia te permite competir com mais força no mercado.

Retorno sobre investimento (ROI)

Chegamos ao grande objetivo das nossas estratégias, o retorno sobre investimentos, que é outra grande diferença entre esses tipos de marketing.

No Outbound Marketing tudo funciona de modo acelerado, no Google Ads, por exemplo, você investe um valor X para que o Google te posicione em primeiro lugar nas pesquisas de determinada palavra-chave por um tempo.

Isso rapidamente te gera muitos cliques, principalmente se a palavra-chave for head tail (genérica e com alto volume de busca). Esses cliques consequentemente irão te gerar alguns contatos de potenciais clientes e a chance de você fechar negócios de modo acelerado são grandes.

Já no Inbound Marketing, para você rankear para uma palavra-chave head tail você precisa construir um conteúdo muito bom e com uma boa estratégia de SEO.

Dessa forma, o Google irá escanear seu material e identificar que ele é o mais completo e capaz de resolver as dores do usuário e dessa forma, te posicionar organicamente no topo da página.

O Retorno sobre investimento do Outbound Marketing é acelerado, poucos segundos após a confirmação de pagamento você já é o primeiro resultado de buscas e, provavelmente, em poucos dias já estará em contato com potenciais clientes.

Porém, o retorno, dependendo do seu ticket médio, pode não ser tão compensador. Além de ser uma estratégia difícil de sustentar por muito tempo, já que no primeiro segundo em que você deixa de pagar, seu rankeamento desaparece e você começa a perder potenciais negócios.

No Inbound Marketing, apesar de ser um processo um pouco mais demorado, o retorno sobre investimento tende a ser mais elevado, uma vez que o custo é relativamente mais baixo.

Mesmo que você deixe de investir e produzir novos artigos, no Inbound Marketing, o seu conteúdo continuará atraindo pessoas para seu site, e consequentemente para seu negócio, sendo que o tempo de vida da sua estratégia será, em comparação com o Outbound, muito maior.

Autoridade

Outra diferença entre os dois tipos de marketing é a autoridade conquistada por cada uma das práticas.

E na competição por autoridade, o Inbound Marketing definitivamente está na frente.

Vamos falar de uma maneira prática. Você já acessou o YouTube para procurar algum conteúdo de marketing de uma empresa que você conhece e confia? E alguma vez o seu conteúdo foi interrompido por uma empresa que jurava ter a “solução para o marketing nunca antes vista”?

Qual das duas empresas tem maior influência na sua tomada de decisões? Se, ou quando, você fosse contratar uma empresa de marketing, qual contrataria? A que te forneceu um conteúdo educativo que te ajudou no assunto quando você precisou ou a que interrompeu esse conteúdo dizendo ser melhor?

Bom, acho que sabemos a resposta. Você pode conseguir muitos clientes pelo Outbound Marketing porém, o Inbound te garante a conquista de autoridade de mercado através da oferta de conteúdo rico para seus potenciais clientes.

Além de você garantir um mercado educado pelo seu serviço e metodologias, você conquista a confiança desses usuários e em grande parte das vezes, mesmo que não venham a se tornar clientes, esses usuários se tornam fãs da sua marca pois são gratos pelos ensinamentos passados.

Explicando as práticas (usando analogias)

black mirror outbound exemple

Você usa uma boa isca e após algum tempo de espera, consegue atrair e pegar o pássaro.

Dentro de uma sala, você coloca o pássaro, porém, como não é sua intenção manter ele com você a força, você deixa a porta aberta e o alimenta com sua melhor semente e espera algum tempo para ver se é da vontade dele estar com você.

Se sim, com o tempo vocês estabelecem uma relação de fidelidade e comunicação aberta.

Se não, você o permite ir embora sem que haja cobrança alguma, ainda com o sentimento de ter feito sua parte.  

Sim, estamos falando do Inbound Marketing.

Nessa analogia, a “isca” seria um conteúdo rico, útil e relevante que atrai o “pássaro” que, no Inbound, é chamado de lead.

Após a captura, esse lead é colocado em uma “sala", também conhecido como funil de conversão, onde você irá alimentá-lo com semente - conteúdo - de qualidade.

O tempo de espera, onde você está alimentando o lead é conhecido como o estágio da nutrição, onde usamos o “Lead Score” para medir se este lead é qualificado ou não para “ficar com você” ou seja, se tornar um cliente.

Ainda falando de pássaros, vamos falar sobre o Outbound Marketing.

Imagine que em uma árvore no meio de uma floresta muitos pássaros vão se alimentar diariamente de uma semente que consideram muito boa. Você tem uma grande quantidade de uma semente tão ou até mesmo melhor do que aquela que eles adoram comer.

Então você decide colocar sua semente ao redor da árvore em que eles se alimentam, contando que eles irão preferir a sua do que a antiga.

Alguns pássaros aderem a oferta, outros não. Porém, todos os pássaros que passaram pela árvore enquanto sua semente estava exposta ali sabem que ela existe e se lembrarão sempre dela.

Nessa analogia, os pássaros são os usuários, a “árvore” é o local de divulgação. As outras sementes, os concorrentes.

A sua semente é o seu produto, que você distribui por diversos locais de divulgação, buscando maior destaque e atenção do que a de seus concorrentes.

Você alcança muitos usuários, garante diversos clientes e conquista grande visibilidade em um curto espaço de tempo.

Inbound e Outbound Marketing: a união faz a força

Ao contrário do que muitas pessoas pensam, o Inbound e o Outbound não são práticas excludentes entre si. Muito pelo contrário, a união dessas estratégias pode trazer para sua estratégia um resultados bons, de curto prazo e longa durabilidade.

Além de ser uma maneira eficaz de usar a visibilidade do Outbound Marketing para conquistar a autoridade do Inbound Marketing.

A união dessas duas metodologias é também conhecida como 4 p’s do Marketing ou Mix de Marketing.

Conclusão

Ao longo desse artigo apresentei algumas características que diferenciam o Inbound e o Outbound Marketing. Podemos concluir que ambas as estratégias possuem seus prós e contras e saber utilizá-las em conjunto pode ser a melhor maneira de obter sucesso para seu negócio.

E ai? Ficou com alguma dúvida sobre as diferenças entre esses tipos de marketing ou deseja um artigo que tire outras dúvidas do seu chefe? Deixe um comentário que iremos te retornar assim que possível!

Não deixe de ler: Growth Hacking: você sabe o que esse conceito significa?

Acompanhe o que há de mais recente no mundo digital.

Mantenha-se atualizado

Informe seu e-mail para receber dicas valiosas para alavancar seu negócio.